quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

CALIBRANDO RADIO AM FM


▬CIRCUITOS DOS RÁDIOS AM/FM 




▬COMO IDENTIFICAR OS CIRCUITOS DOS RÁDIOS AM/FM NA PLACA 
•Rádio AM/FM mono transistorizado;•Rádio gravador AM/FM portátil mono com CI;•Rádio AM/FM estéreo com CI

▬CALIBRAÇÃO DE RÁDIO AM/FM 

•Rádio FM 
•Rádio AM 
•Rádio com CI 




Fonte: Burgoseletrônica

CALIBRAÇÃO DE RÁDIO AM/FM

Calibrar um rádio é fazer ele sintonizar todas as emissoras com alto volume, boa qualidade de som e nas posições corretas. Vamos explicar como deve ser feita a calibração de um modo mais simples, usando apenas uma chave de fenda (de preferência isolada - haste de plástico ou madeira) e o ouvido. Na fábrica, o rádio é calibrado usando-se instrumentação adequada, tais como: gerador de sinais, osciloscópio, etc.


▬Rádio FM 


▬Rádio AM
▬Rádio com CI 


Voltar
Fonte: Burgoseletrônica

CALIBRAÇÃO DE RÁDIO FM

Abaixo temos a foto de uma placa de rádio AM/FM da "Motorádio" usando transístores, onde indicamos a sequência de calibração e abaixo explicamos os procedimentos detalhadamente:


Clique na imagem para ampliar





1° Calibração da etapa de FI - Sintonize uma emissora de FM, de preferência uma que esteja com volume baixo. Ajuste o núcleo das bobinas de FI de FM procurando obter o máximo de volume e o mínimo de chiado em cada uma. A calibração deve ser feita da última para a primeira bobina.


2º Calibração do sintonizador - Vamos precisar de um rádio funcionado perfeitamente para ajustar o descalibrado.


a) Sintonize o rádio bom na emissora de 88,1 MHz (Gazeta), coloque o eixo de sintonia do rádio descalibrado em 88, 1 MHz e ajuste a bobina osciladora até encontrar a emissora do rádio bom.


b) Sintonize o rádio bom na emissora de 107,3 MHz (Brasil 2000), coloque o eixo de sintonia do rádio descalibrado em 107,3 MHz e ajuste o trimmer oscilador até encontrar a emissora do rádio bom.


c) Aumente o volume da emissora de 88,1 MHz na bobina de antena e da emissora de 107,3 MHz no trimmer de antena.

CALIBRAÇÃO DE RÁDIO AM

Veja a placa abaixo e os pontos para a calibração do AM:


Clique na imagem para ampliar



1° Calibração da etapa de FI - Sintonize uma emissora de AM, de preferência uma que esteja com volume baixo. Ajuste o núcleo das bobinas de FI de AM (amarela, branca, preta) procurando obter o máximo de volume e o mínimo de chiado em cada uma.


2º Calibração do sintonizador - Vamos precisar de um rádio funcionado perfeitamente para ajustar o descalibrado.


a) Sintonize o rádio bom na emissora perto dos 530 MHz, coloque o eixo de sintonia do rádio descalibrado na mesma posição e ajuste a bobina osciladora (vermelha) até encontrar a emissora do rádio bom.


b) Sintonize o rádio bom na emissora perto dos 1650 MHz, coloque o eixo de sintonia do rádio descalibrado na mesma posição ajuste o trimmer oscilador até encontrar a emissora do rádio bom.


c) Aumente o volume da emissora de 530 KHz na bobina de antena e da emissora de 1650 KHz no trimmer de antena.

CALIBRAÇÃO DE RÁDIO AM/FM COM CI

A calibração de rádio com CI é idêntica à de transístores com a diferença que este possui menos bobinas. Abaixo vemos o exemplo da placa de um rádio com CI indicando os pontos para calibração de AM e FM:


Clique na imagem para ampliar



COMO IDENTIFICAR OS CIRCUITOS DOS RÁDIOS AM/FM NA PLACA

Nesta parte mostraremos como achar os circuitos dos rádios AM/FM na placa, principalmente nos rádios importados, os quais são difíceis de se obter o esquema elétrico dos mesmos.


▬Rádio AM/FM mono transistorizado;▬Rádio gravador AM/FM portátil mono com CI;▬Rádio AM/FM estéreo com CI.


Voltar

Fonte: Burgoseletrônica

RÁDIO AM/FM MONO COM TRANSÍSTORES

Abaixo vemos um rádio gravador AM/FM mono importado destacando seus circuitos na placa:


Clique na imagem para ampliar





Áudio - Nestes rádios portáteis, o áudio fica dentro de um CI, geralmente de 16 terminais, o qual podemos chamá-lo de "faz tudo", uma vez que boa parte das etapas estão dentro dele. Na etapa de áudio temos poucos capacitores eletrolíticos fora do CI. Entre eles o que fica em série com o falante.


FI - Está dentro do CI. Fora dele encontramos as poucas bobinas de FI de AM (amarela e branca) e de FM (azul, laranja ou rosa). Os demoduladores também estão no CI.


Sintonia de FM - Encontramos dois transístores perto do variável (amplificador de RF e osc./misturador). Neste rádio (assim como nos mais "vagabundos") há apenas um transístor na sintonia de FM (o osc./misturador). As bobinas osciladora e de antena são as menores bobinas perto do variável com uma cola entre as espiras.


Sintonia de AM - Encontramos a bobina de antena (ferrite) e osciladora (vermelha). O osc./misturador de AM está no CI. O rádio acima tem uma bobina osciladora azul para ondas curtas.


Circuito do gravador e toca-fitas - Achamos a chave de gravação/reprodução acoplada na tecla REC do mecanismo. Ao lado desta chave encontramos os dois ou três transístores amplificadores do cabeçote.Tem rádios que este circuito está num CI .


Fonte - Achamos o transformador da fonte. Seguindo os fios encontramos na placa dois ou quatro diodos retificadores. O capacitor de filtro é o maior eletrolítico do rádio.

RÁDIO GRAVADOR MONO

Abaixo vemos um rádio gravador AM/FM mono importado destacando seus circuitos na placa:


Clique na imagem para ampliar



Áudio - Nestes rádios portáteis, o áudio fica dentro de um CI, geralmente de 16 terminais, o qual podemos chamá-lo de "faz tudo", uma vez que boa parte das etapas estão dentro dele. Na etapa de áudio temos poucos capacitores eletrolíticos fora do CI. Entre eles o que fica em série com o falante.


FI - Está dentro do CI. Fora dele encontramos as poucas bobinas de FI de AM (amarela e branca) e de FM (azul, laranja ou rosa). Os demoduladores também estão no CI.


Sintonia de FM - Encontramos dois transístores perto do variável (amplificador de RF e osc./misturador). Neste rádio (assim como nos mais "vagabundos") há apenas um transístor na sintonia de FM (o osc./misturador). As bobinas osciladora e de antena são as menores bobinas perto do variável com uma cola entre as espiras.


Sintonia de AM - Encontramos a bobina de antena (ferrite) e osciladora (vermelha). O osc./misturador de AM está no CI. O rádio acima tem uma bobina osciladora azul para ondas curtas.


Circuito do gravador e toca-fitas - Achamos a chave de gravação/reprodução acoplada na tecla REC do mecanismo. Ao lado desta chave encontramos os dois ou três transístores amplificadores do cabeçote.Tem rádios que este circuito está num CI .


Fonte - Achamos o transformador da fonte. Seguindo os fios encontramos na placa dois ou quatro diodos retificadores. O capacitor de filtro é o maior eletrolítico do rádio.

RÁDIO AM/FM ESTÉREO COM CI

Abaixo vemos a placa de um radio estéreo da "audiostar":


Clique na imagem para ampliar



CI de áudio - Este CI está num dissipador de calor porque o mesmo esquenta muito. Em volta dele temos muitos capacitores eletrolíticos, inclusive os três maiores (dois de acoplamento dos falantes e um de filtro principal)


CI decodificador estéreo - Este CI separa os dois sinais de áudio (esquerdo - L e direito - R) transmitido pelas emissoras de FM. Pode ser um CI com uma ou duas fileiras de terminais. Bem perto deve há um trimpot para calibrá-lo e em volta dele há vários capacitores eletrolíticos.


CI de FI - Tem as bobinas de FI e detetoras de AM e FM em volta e perto dele. Nesta etapa também encontraremos o filtro de cerâmica de FM e em alguns rádios, um filtro de cerâmica para AM parecido com uma "caixinha" amarela. no rádio acima também há um transístor de FI fora do integrado.


Sintonia de FM - Encontramos os transístores em volta do variável e as pequenas bobinas (antena e osciladora).


Sintonia de AM - Neste rádio encontraremos um transístor amplificador de RF para AM perto do variável. A bobina osciladora é a vermelha e a de antena é bem parecida com as bobinas de FI, já que o rádio de carro não tem o bastão de ferrite e usa a antena telescópica para receber os sinais de AM.

CIRCUITOS DOS RÁDIOS AM/FM

A função de um rádio é receber os sinais das emissoras na sua antena, selecionar um deles, amplificar e reproduzir no alto falante (ou alto falantes). Nesta parte da página ensinarei ao visitante como funcionam os circuitos dos rádios AM e FM, tanto aqueles que ainda usam transístores como os que usam CIs. Um rádio é formado pelos seguintes circuitos:sintoniaetapa de FI e detetor e áudio. Abaixo vemos o esquema em blocos de um rádio AM/FM. Clique em cada um deles para ir à página onde está a explicação do funcionamento do mesmo:


Clique na imagem para ampliar



Antena de FM - Recebe os sinais das emissoras de FM (frequência modulada). As emissoras de FM ocupam uma faixa de 88 a 108 MHz e como elas chegam como ondas eletromagnéticas em linha reta, a antena deste rádio é do tipo telescópica. Observe como no FM, a frequência do sinal da emissora varia constantemente de acordo com o áudio da modulação.


Antena de AM - Recebe os sinais das emissoras de AM (amplitude modulada). As emissoras de AM de ondas médias (há também as de ondas curtas) ocupam uma faixa de 530 a 1650 kHz. Estas chegam no rádio vindas de cima. A antena do AM de alguns tipos de rádio é um bastão de ferrite dentro do mesmo. Em outros rádios a antena de AM é externa.Observe como no AM, a amplitude do sinal da emissora varia constantemente de acordo com o áudio da modulação.


Circuitos de sintonia de AM e FM - Tem a função de sintonizar uma das rádios vindas da antena e transformar o sinal de radiofrequência (RF) dela num outro sinal chamado frequência intermediária (FI). Assim o rádio pode trabalhar sempre com a mesma frequência após a sintonia e amplificar todas por igual. O sinal de FI contém o áudio da emissora da mesma forma que o sinal de RF.


FI e detetor (ou demodulador) - Amplifica a FI e o detetor separa o áudio da FI. O circuito detetor de AM é diferente do FM.


Áudio - Amplifica o áudio tanto do rádio AM como do FM para que o mesmo tenha potência suficiente para produzir som no falante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário